1448618640_3491333693_2240b3c2db.jpg

5 razões e soluções para a obsidade canina

Tal como nos humanos, a obsidade canina é um problema grave e com cada vez mais expressão. A obsidade pode levar a outros problemas de saúde e até reduzir a esperança média de vida do seu companheiro. Os problemas que advêm da obsidade podem afectar as articulações, orgãos digestivos ou do sistema respiratório.

Saiba porque razões o seu cão pode ter ganho peso e como o pode ajudar a voltar à boa forma física:

Problemas de saúde

Apesar de ser fácil assumir imediatamente que um cão ganhou peso por já não ser tão activo, o excesso de peso pode também ter origem clínica. Os diabetes, por exemplo, podem causar aumento de peso e este aumento de peso não é resolvido com mais exercício ou dieta.

É, por isso, importante consultar o veterinário se notar que o seu cão aumentou de peso recentemente, de modo a despistar possíveis problemas de saúde antes de contemplar outras alternativas.

Sedentarismo

A falta de actividade é algo que tem vindo a agravar-se nos últimos anos no mundo canino. Enquanto que há decadas atrás os cães tinham uma vida mais activa e de trabalho ao guardar as casas ou quintas, participar em caças ou ajudar no pastoreio, actualmente a grande maioria dos cães é apenas tida como um animal de companhia. A maior parte do dia é passada a aguardar a chegada do dono a casa, diminuindo assim o nível de energia gasto.

Para evitar esta situação deve reforçar o tempo de exercício e brincadeira com o seu cão. Faça caminhadas ou corridas todos os dias e junte sessões longas de brincadeira, de modo a compensar as longas horas de sesta diurnas.

Comer demasiado

A alimentação do cão deve ser baseada na Dose Diária Recomendada tendo em conta o peso, idade, nível de actividade, estado de saúde, entre outros factores. Essa informação pode ser consultada nas embalagens da ração e deve ser tida em consideração para que o cão não coma em excesso.

De forma a ter mais controlo sobre as porções, consulte a tabela da DDR da ração e use um copo medidor para tirar a quantidade indicada logo pela manhã. De seguida faça a divisão pela quantidade de vezes em que alimenta o seu cão durante o dia.

Pug

Guloseimas

A ingestão de guloseimas está intimamente ligada ao factor de comer em excesso. As guloseimas são essenciais no treino canino e também podem ser dadas noutras ocasiões como um miminho especial para o seu companheiro, mas devem ser apenas isso mesmo, um miminho especial.

É essencial ter algum tipo de controlo sobre a quantidade de calorias ingeridas, portanto, adopte a estratégia de reduzir a quantidade de ração/comida dada ao cão quando lhe der guloseimas.

Envelhecimento

O envelhecimento do cão acarreta a redução da energia, o que por sua vez traduz-se em menos actividade física. O metabolismo diminui, bem como as necessidades calóricas e o peso começa a aumentar. Mantenha-se atento às Doses Diárias Recomendadas durante toda a vida do seu cão para que saiba quando deve reduzir ou aumentar as porções dadas.

Originalmente publicado na Arca de Noé: Fonte
Algumas imagens poderão conter direitos de autor, indicados na fonte.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *