Casa à Prova de Furão

Casa É muito importante preparar a casa para receber um furão não só para conseguir manter os seus objectos, mas sobretudo para proteger o animal. Os furões são animais curiosos que adoram explorar e usam tudo o têm a seu favor para o fazer: patas, dentes, tamanho, etc. Escavar, esconder-se e roer são os comportamentos mais problemáticos num furão, não só porque danificam os objectos domésticos, mas sobretudo porque podem morrer devido à sua curiosidade.

Principais preocupações

Janelas
Nunca deixe uma janela aberta enquanto o furão estiver a circular livremente pela casa. Tal como os gatos, os furões podem cair e morrer.

Mobília
Quando não sabe onde se encontra o seu animal, certifique-se de que o furão não está debaixo do sofá antes de se sentar. Se tem um sofá-cama, cubra o fundo para que o furão não consiga entrar por baixo. Para além do perigo de poder esmagar o animal ao sentar-se os furões geralmente roem os estofos, cujo conteúdo é tóxico para eles. Evite também estantes altas, uma vez que estes animais gostam de trepá-las, mas depois dificilmente conseguem descer e simplesmente saltam para regressarem ao chão, podendo magoarem-se ao aterrar.

Tapetes
Os furões adoram escavar e se tem tapetes é provável que eles se escondam por baixo deles. Tenha cuidado, porque pode pisar o furão sem querer.

Electrodomésticos
Estes animais passam por qualquer buraco que tenha pelo menos o tamanho das suas cabeças. Conseguem esconderem-se dentro de máquinas de lavar roupa/louça  e secar. Deve sempre verificar se não estão dentro destas máquinas antes de as ligar.

Os furões tentam também explorar o frigorífico e o forno se lhes for dada essa oportunidade, por isso o mais aconselhável é impedir o acesso do furão à cozinha, lavandaria e também casa de banho. Se preferir, pode tapar as aberturas – a parte de baixo e de trás dos electrodomésticos com madeira.

Os fios eléctricos e as tomadas são uma preocupação que o dono deve ter. Os fios podem ser revestidos, mas as tomadas devem, de preferência, ser tapadas com algo que os furões não consigam remover.

Condutas de ar condicionado
Estes tubos são geralmente rotas de fuga para o exterior. Ao contrário dos cães e gatos, os furões não sobrevivem sozinhos numa cidade: como são destemidos podem tentar atacar um cão, que eventualmente o poderá caçar; devido ao pequeno tamanho são facilmente atropelados por automóveis; na cidade, a fonte de comida para um furão é escassa. Para além disto, o furão não é capaz de encontrar o caminho de volta para casa. Por tudo isto, torna-se extremamente importante impedir que o furão consiga sair de casa. Isto aplica-se também às portas abertas, enquanto o furão está fora da gaiola.

Roer
Poliuretano, espuma, borracha, papel, sacos de plástico, cartão e tecido são um perigo para os furões quando ingerido, uma vez que podem provocar bloqueio intestinal. Isto inclui sapatos com sola de borracha, borrachas comuns, os botões de borracha dos controlos remotos (Televisão, por exemplo), o enchimento dos sofás e praticamente tudo a que os furões consigam deitar as unhas e os dentes. Compre brinquedos apropriados para furões, resistentes e duráveis e verifique regularmente o estado dos mesmos. Se encontrar algum com sinais de deterioração, substitua-o.

Produtos de limpeza e medicamentos
Estes frascos devem ser guardados nos armários de topo, onde os furões não consigam chegar. As portas devem ser trancadas com dispositivos de segurança para bebés. Contudo, nem todos estes dispositivos resultam com furões, uma vez que estes são bastantes mais pequenos e passam por buracos mais fechados. Pode-se sempre utilizar em alternativa, ímans ou velcro. O fundamental é manter a porta inamovível.

Casa-de-banho
Mantenha a tampa da sanita para baixo, para impedir que o furão beba a água ou mesmo que se afogue. Muitos produtos que se colocam na sanita são tóxicos para o furão. Apesar de estes animais saberem nadar, os furões podem-se afogar na sanita, uma vez que depois de entrarem já não conseguem sair.

Plantas
Pela saúde das plantas e do furão, mantenha-as fora do alcance do seu animal. A maioria das plantas domésticas são tóxicas para o furão. Contudo, mesmo que não sejam, os furões gostam de escavar a terra e morder as folhas, o que resulta muitas vezes na morte da planta. Algumas plantas tóxicas são:

  • Aloe Vera
  • Amaryllis
  • Maça (semente)
  • Damasco
  • Azálea
  • Begónia
  • Cravos
  • Marijuana
  • Cogumelos
  • Narcisos
  • Cicuta
  • Cebola
  • Rododendro
  • Ruibarbo
  • Tulipa
  • Glicínia

Pequenas coisas

Corte a meio os rolos de papel higiénico. Os furões ficam com as cabeças presas e podem sufocar.

Retire os bibelots da sala onde deixa o furão andar livremente. O animal pode acidentalmente partir o objecto e cortar-se nos cacos.

Feche o lixo com tampa de forma a que o furão não consiga ter acesso ao conteúdo.

Quando sair de casa ou for para a cama, coloque o furão na gaiola para a protecção do próprio animal.

Uma boa forma de verificar tudo isto é por o furão numa trela e passeá-lo pela casa. Se vir um repentino interesse por parte do furão, ponha-se no lugar dele e tente descobrir que buraco ou objecto o está a intrigar. Os furões são persistentes e a única forma de travar a sua curiosidade acerca de um determinado objecto é retirá-lo da divisão.

Não é necessário tornar todas divisões “à prova de furão”. Pode optar por bloquear o acesso a algumas divisões como a cozinha, a casa-de-banho e lavandaria, fechando a porta. Apenas necessita de fazer isto quando retira o furão da gaiola. Paralelamente, prepare uma sala segura para o animal, para que ele possa brincar sem supervisão constante.

Originalmente publicado na Arca de Noé: Fonte
Algumas imagens poderão conter direitos de autor, indicados na fonte.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *