Cobras: Famílias Mais Populares

Cobras: FamAs cobras surgiram recentemente no mercado de animais de estimação. Existem variados tipos de cobras e apesar de serem todos animais esguios e rastejantes, existem muitas diferenças em termos de aparência e comportamento entre eles.

As 2900 espécies de cobras pertencem todas à subordem das Serpentes e dividem-se por 18 famílias, agrupadas com base nas características de cada espécie.

Famílias mais populares

Algumas famílias são mais conhecidas por serem mais comuns no mercado de animais de estimação. Outras é por englobarem cobras com características fora do comum.

Colubridae

É a família com o maior número de espécies e a mais commum no hobby. São quase duas mil espécies, o que faz com que abranja dois terços das existente. As espécies englobadas nesta família são diversificadas e é a classificação de muitas é discutível. Na verdade, esta família tem sido a alternativa possível quando os animais não se enquadram em qualquer outro grupo.

A grande maioria dos colubrídeos não produz venenoso, embora haja excepções. As cobras venenosas desta família têm contudo mordidas inofensivas para o ser humano.

Nesta família encontram-se a Cobra do Milho, a Falsa Coral, cobras rateiras, entre outras.

Boidae

Nesta família estão incluídas algumas das maiores cobras existentes: as anacondas e as pitons reticuladas. Os boídeos são espécies constritoras, não venenosas, que dependem da força para matar as presas. Ao contrário do que se possa pensar, as presas não são esmagadas, apenas apertadas o suficiente para que não consigam mover as costelas para respirar. As presas são engolidas vivas e a digestão pode demorar dias ou até semanas.

Encontram-se espalhados pelos quatro continentes: América, África, Europa, Ásia e podem mesmo ser avistadas em algumas ilhas dos Pacífico. Contudo, estas cobras gostam de ter territórios exclusivos. Não partilham a mesma região com cobras de outras famílias. Há locais onde essa exclusividade torna-se difícil, mas estas cobras preferem ter um território mais pequeno a partilhá-lo. Ovovivíparas, dão à luz crias já formadas.

Elapidae

Todas as cobras desta família são venenosas e entre elas estão algumas das espécies mais venenosas que totalizam alguns recordes interessantes. A Oxyuranus microlepidotus é a serpente terrestre mais venenosa do mundo. Já a Cobra Real é a maior, enquanto que a Mamba Negra é a mais veloz. O veneno destas cobras afecta o sistema nervoso central das vítimas inibindo-as de respirar. O tamanho destas cobras varia desde os 18 cm até aos 6 metros.

Viperidae

Esta é a família das víboras. Todas as cobras desta família são venenosas. Têm dentes longos que lhes permite uma penetração mais profunda na pele para injectar veneno. São consideradas as mais eficazes a matar através de veneno. Para aumentar a eficácia do ataque, as víboras são capazes de decidir a quantidade de veneno a injectar. Por vezes, quando atacam para se defenderam, atacam sem injectar veneno. A Austrália tem a maior concentração de espécies venenosas, mas curiosamente as víboras podem ser encontradas em todos os continentes, menos na Oceania e na Antártida.
O comprimento destas cobras varia consideravelmente, podendo ir dos 28 aos 360 cm.

Originalmente publicado na Arca de Noé: Fonte
Algumas imagens poderão conter direitos de autor, indicados na fonte.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *