Que aquário escolher?

Que aqu

O AQUÁRIO

Ao decidir enveredar pela aquariofilia deverá ter como primeira preocupação o local onde irá alojar os peixes – O Aquário. Existem aquários de vários tipos, tamanhos e formas. Numa primeira classificação distinguimos os aquários de água fria dos aquários de água quente de acordo com as necessidades e origens os peixes que neles irão habitar.

De acordo com a experiência e o o objectivo do aquariofilistas existem ainda: aquários comunitários, que são os mais comuns, em que podem coabitar diferentes espécies e plantas; aquários monoespécie, como o nome indica, albergam apenas uma espécie respondendo de um modo específico às necessidades da espécie em questão; aquários de reprodução, que visam apenas a reprodução da espécie pelo que tentam recriar um hidro-ambiente com qualidades muito específicas e facilitadoras da desova.

Formato


Ao longo dos anos os aquariofilistas foram aprofundando os seus conhecimentos e a sua experiência na construção de habitats cada vez mais perfeitos para os seus peixes.

Deste modo, a forma mais adequada para os aquários, quer sejam de água quente ou fria, é a forma de paralelipípeda. Esta forma permite melhores condições de limpeza, manutenção da qualidade da água e permitem uma maior superfície de contacto com o meio exterior. Os tão conhecidos aquários em forma de globo não são de todo adequados à manutenção de peixes em cativeiro pois a água suja-se rapidamente e o ar não é suficientemente renovado. Se o seu problema for o tamanho, existem actualmente no mercado aquários paralelipípedos de pequenas dimensões (60cm por 30cm) para alojamentos de um ou dois peixes. Mas não se esqueça que os peixes crescem que rapidamente poderá ter que adquirir um novo equipamento de maiores dimensões. Pondere bem e aconselhe-se na loja da especialidade onde vai adquirir os peixes.

Instalação do aquário


Antes de comprar um aquário decida onde o vai colocar. Procure um local calmo, que não seja espaço de passagem e de muitos ruídos e que não esteja exposto directamente à luz solar. Faça um check list de todo o equipamento que irá utilizar não só na montagem como também na futura manutenção: pequenos recipientes de plástico, pinça, raspador, coador, rede, esponja, sifão, filtros, lâmpadas fluorescentes, aquecedor (apenas para aquários de água quente (peixes tropicais)), termómetro, termostato, areão, plantas, pedras, madeira e água. Existem no mercado kits com todos os elementos necessários.

Originalmente publicado na Arca de Noé: Fonte
Algumas imagens poderão conter direitos de autor, indicados na fonte.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *