Apelo Externo: Animal Desaparecido Anúncio 53814

CENTRO LOWCOST VETERINÁRIOS – QTA DO CONDE 963638338 – 212 105 367 Segundo o D…

CENTRO LOWCOST VETERINÁRIOS – QTA DO CONDE
963638338 – 212 105 367

Segundo o Decreto-Lei nº 49/2007, de 31 de Agosto, é obrigatória a colocação de microchip em todos os cães nascidos após 1 de Julho de 2008.
Relativamente aos cães considerados perigosos ou de raças potencialmente perigosas (definido na legislação específica), cães de caça e cães para fins comerciais e afins, são obrigados a possuir microchip desde Julho de 2004.

Em que consiste o microchip?

O microchip é um micro-circuito electrónico, constituído por biovidro cirúrgico, semelhante a uma cápsula, com cerca de 12mm (tem cerca do tamanho de um bago de arroz). Este, contem um código exclusivo e inalterável que transmite informações específicas.

O microchip é introduzido, por um médico veterinário, com uma agulha, subcutaneamente, do lado esquerdo do pescoço. Após a sua colocação, o médico veterinário procede ao preenchimento da ficha de registo do animal na base de dados legal. Existem 2 bases de dados em Portugal – SIRA e SICAFE. O registo nesta última base de dados deverá ser efectuado na junta de freguesia do local de residência do tutor do animal, apresentado o papel do registo efectuado pelo médico veterinário, sendo este registo igualmente obrigatório e tendo o mesmo de ser actualizado anualmente.

Os cães devem ser identificados por método electrónico e registados entre os 3 e os 6 meses de idade – normalmente a sua colocação é efectuada no 3º reforço da vacinação multivalente – sempre antes da vacina antirrábica.

A colocação do microchip em gatos não é ainda obrigatória mas será fixada em data a definir.

O microchip não localiza os animais como um sistema de GPS, somente serve de identificação se alguém encontrar o animal e o levar a um médico veterinário que possua leitor de microchips. Desta forma, é importante que os dados como morada e contacto se mantenham actualizados. Este não necessita de nenhum tipo de manutenção e funciona durante toda a vida do animal.

Veja também no Facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *