Para os nossos queridos e doces geriátricos, segue este post! Donos: alerta ver…

Para os nossos queridos e doces geriátricos, segue este post!

Donos: alerta vermelho! Bem sabemos que o envelhecimento é inevitável e que com ele surgem alterações naturais e inerentes ao mesmo, MAS…se não podemos parar o ciclo natural das coisas, será que podemos continuar a ter qualidade de vida, depois da 3ª idade? A resposta é SIM, claro!

Um dos problemas mais comuns, visivelmente reconhecidos e possivelmente menos abordado na medicina veterinária é algo tão simples como: as dores articulares nos nossos patudos séniores!
Sabia que há muitas coisas à sua disposição, com o objectivo de controlar essas dores articulares e a essa lentidão associada aos passeios diários, que permitem aos nossos amigos terem um envelhecimento gradual e associado a uma elevada qualidade de vida?

Não só pelas dores articulares, mas porque a idade já é outra e a probabilidade de se virem a desenvolver novos problemas de saúde também, nesta fase torna-se fundamental que as visitas ao veterinário para consultas de rotina, bem como a realização de controlos sanguíneos do seu estado de saúde, sejam feitas com bastante regularidade!
Não se esqueça que 1 ano canino, representa 7 anos humanos – isto significa que em apenas 1 ano, podem dar-se alterações no organismo dos nossos velhotes de 4 patas, que numa pessoa surgiriam apenas após 7 anos.

Por eles, que nos deram tanto durante a sua vida toda, permita-lhes um envelhecimento tranquilo e vigiado, tal como nós gostaríamos que fizessem connosco.

Se tem dúvidas sobre suplementação geriátrica, ou se está interessado em marcar uma consulta de rotina para o seu velhinho, não hesite em contactar-nos ou em fazer-nos uma visita!

Estamos na Avenida 25 de abril, nº22B, em Corroios.
Até já!

Veja também no Facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *