Tem em casa um Cão Macho? E Próstata, já ouviu falar? Nós esclarecemos! Importa…

Tem em casa um Cão Macho?
E Próstata, já ouviu falar?

Nós esclarecemos! Importante conhecer, que…

A próstata é um órgão que pertence ao aparelho reprodutor masculino e que se localiza caudalmente à bexiga. É uma glândula que produz um líquido transparente (líquido prostático), que tem como finalidade o transporte e a sustentação dos espermatozóides durante a ejaculação.
As patologias da próstata surgem com frequência em cães de meia-idade e idosos, afectando mais comummente os cães de raça grande (principalmente os Dobermann).
Nos gatos, por razões ainda desconhecidas, esta patologia é rara.
Para o seu crescimento e manutenção do seu tamanho, a próstata depende de uma hormona (a testosterona), sintetizada pelos testículos. Se um cão for castrado antes de atingir a maturidade sexual, o crescimento prostático normal ficará inibido.

Sinais Clínicos
Podem variar com o tipo e gravidade da afecção prostática. Qualquer afecção da prostata, à excepção da prostatite aguda, poderá estar presente num animal sem sinais evidentes e percebidos pelo dono.
Devemos ter atenção aos seguintes sinais:
• Dificuldade em defecar;
• Dificuldade em urinar;
• Corrimentos de cor anormal (avermelhado ou amarelado) ao nível do pénis

Sinais detectados pelo veterinário:
• Febre;
• Depressão;
• Dor à palpação caudal do abdómen;
• Andamento rígido com os membros posteriores;
• Alteração a nível dos valores sanguíneos;
• Pode haver lesão no fígado no caso de termos abcessos prostáticos;
• Possível incontinência;

Atenção: a detecção precoce destas patologias pode ser possível mediante exame rectal anual em todos os cães machos adultos.

Diagnóstico
• Baseado na história clínica e no exame físico feito pelo veterinário;
• Radiografia abdominal;
• Análise à urina;
• Análises ao sangue;
• Exame de qualquer corrimento anormal a nível do pénis;
• Biópsia da próstata.

Tratamento
Após a avaliação do animal e da apreciação das análises clínicas é instaurado o tratamento apropriado à patologia encontrada. É necessário ter-se em consideração que o tratamento pode variar desde a administração de antibióticos até à castração do animal.

Prevenção
Fazer a castração do seu cão por volta dos dois anos e meio vai diminuir a concentração de testosterona, diminuindo assim a possibilidade de sofrer mais tarde de Hiperplasia prostática benigna.

Conselhos
O seu cão a partir dos 6 anos de idade vai ter mais predisposição para patologias da próstata. Daí que animais desta idade devem ser submetidos a exames clínicos de rotina uma vez por ano, de forma a permitir o diagnóstico o mais rapidamente possível, alcançando-se assim um tratamento mais eficaz.

Veja também no Facebook

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *